4 de nov de 2016

eva, lilith e a serpente

eva sussurrava entredentes
medos e pecados deslindados
nos vastos
entre tantos devastados

a serpente num canto sibilava

deslizando a língua bífida
na pele branca e ávida

o vento lilith sopra velha alquimia
esquerda eu adivinho

meu sátiro sorria


* Imagem : Milo Manara