8 de mai de 2017

MuSa




Hoje acordei com vontade de ser musa...

Quero ser um pouco Clio, esquece o carro não é dele que falo...

Falo?...Pula essa palavra....

Só quero te dar a fama com que você sonha, quando deita a noite na cama... porque em mim, definitivamente, você não pensa.

Não é fama?

Ok, me transfiguro em Euterpe, e te ajudo nos versos...

Não faço muito barulho com minha flauta...

Fico quietinha olhando embevecida para os seus versos...

Prometo.

Poesia não é sua praia? Candidato-me a uma das outras sete vagas... Tália, quando você precisar fazer alguém rir; Melpômene, séria e trágica, quando necessário... não?

Ok. Vamos ver...

Posso ser Terpsícore, a que adora dançar...

ou quem sabe, Érato, a que desperta desejo.

Afinal, você há de convir que anda precisando...

Oops! Escorregou...

Talvez... Polímnia? Casta e pensativa, ou ainda, Urânia.Ando mesmo com vontade de mandar nossa estória pro espaço...

Calíope é sua última escolha, mas cuidado, ela fala tão bem, que pode te inspirar a dizer as verdades que insiste em calar...




Rosângela Cardoso.