11 de jun de 2017

delícia



vi nos teus olhos
entre muitos enganos
enlevo e encanto.

que inquietos traçaram
na pele
desvarios e planos

vi na tua boca
entre tantos ardis,
prazer e volúpia.

que ,distraído
deleitei-me com o
gosto agradabilíssimo
dos beijos que não dei.

de tudo ficou esse vazio
em que vago
cheio de você.

ficou essa marca
os sinais... trilhas mentais.

amuleto terrível
talismã de eras abissais.