17 de mai de 2017

manhã



A calma silenciosa da noite,
Aproximando-se do dia,
Tingindo de púrpura meus sonhos

A doçura da paz noturna escorregando
Em direção ao burburinho picante da manhã

Som, luz e energia
Até o macio retorno da paz
Magia que Mescla suave e doce
Nossos beijos e amores


Eu e você, juntos,
Enquanto houver lua e estrelas, ou
Até que surja uma nova manhã
Pintando de púrpura os olhos nus